Amigo Nerd.net

Anatomia do Punho e da Mão

Autor:
Instituição:
Tema: Anatomia

ANATOMIA DO PUNHO E DA MÃO


A mão é composta de 27 ossos e mais 20 articulações. Os ossos são divididos em três grupos, sendo oito carpais, cinco metacarpais e três fileiras de falanges.

Os ossos do carpo, classificados como irregulares, se dispõem em duas fileiras de quatro. A fileira proximal tem o escafóide, semilunar, piramidal e pisiforme. A fileira distal tem o trapézio, trapezóide, capitato e hamato. Os cinco ossos do metacarpo tem têm uma base proximal, um corpo e uma cabeça distal.

O polegar é o único que se difere dos demais dedos, não possui uma falange média. Em geral, os dedos das mãos são numerados como metacarpais, mas são comumente designados polegar, indicador, dedo médio, dedo anular e dedo mínimo.

O pulso é constituído pelas articulações rediocárpicas e intercárpicas.

A extremidade distal da ulna e o osso pisiforme não são envolvidos na articulação do punho. A articulação radicárpica é separada da fileira proximal por um disco articular de fibrocartilagem.

Os ligamentos da articulação radiocarpica incluem uma extensa cápsula articular e o radiocárpico palmar, radiocárpico dorsal, colateral ulnar do carpo e colateral radial do carpo.

A fileira distal de ossos do carpo se articula com os cinco ossos do metacarpo. As articulações carpometacárpicas incluem as dos quatro dedos mediais e a do polegar. A última é considerada separadamente devido à importância da preensão.

Os ligamentos das articulações carpometcárpicas são os carpometacárpicos dorsais, carpometacárpicos palmares, carpometacárpicos interósseos.

As articulações entre as falanges médias e distais são gínglimos, as articulações interfalângicas, são protegidas pelos ligamentos palmares e dois colaterais.

 

MOVIMENTOS ARTICULARES

A ação articular combinada na articulação radiocárpicas produz circundução. No plano sagital, o punho se estende e flete. A flexão faz com que a palma se aproxime da face do antebraço.

A articulação metacarpofalângecas do polegar é uma articulação em dobradiça que admite apenas flexão e extensão. As outras quatro articulações metacarpofalâgecas são elipsóides, com capacidade de flexão – extensão e abdução – adução. A abdução geralmente é referida como desvio radial ou flexão radial, a adução, geralmente é denominada desvio ulnar ou flexão ulnar.

O polegar possui uma articulação interfalângica enquanto os outros dedos possuem duas, uma interfalângica proximal e uma interfalângica distal. Todos articulações interfalângicas são gínglimos.

 

MÚSCULOS E MOVIMENTOS DO POLEGAR E OUTROS DEDOS

Seis músculos principais atuam no punho, embora os músculos extrínsecos da mão possam atuar como agonista. A flexão do punho é predominantemente uma função da ação sincrônica do flexor do carpo, flexor ulnar do carpo e flexor superficial dos dedos. Sendo que o flexor profundo dos dedos, palmar longo e flexor longo do polegar, devido a suas posições contribuem no movimento.

E na extensão entram em ação o extensor radial longo do carpo, extensor radial curto do carpo e extensor ulnar do carpo.

Um grupo extensor superficial do antebraço é composto pelos extensores radiais curto e longo do carpo, extensor dos dedos, extensor do dedo mínimo, extensor ulnar do carpo e os músculos da articulação do cotovelo como, braquiorradial e ânconeo.

A abdução resulta da contrção do flexor e extensor radiais do carpo. O extensor dos dedos e flexor dos dedos são ativos e podem contrair-se com uma adução extrema do punho ou amplitude do movimento de abdução. A abdução pode ser auxiliada pelo grupo extensor profundo.

Os músculos intrínsecos da mão são subdivididos em três grupos, os do polegar, encontrados no lado radial e responsáveis pela eminência tenar; os do dedo mínimo, encontrados no lado ulnar e responsáveis pela eminência hipotenar; e os do meio da mão e entre os metacarpos. Os unze pequenos músculos intrínsecos da mão estão associados ao movimento dos dedos. Dividindo-se em três grupos, os quatro lumbricais, os quatro interósseos e três interósseos palmares. Os lumbricais se localizam na palma, e os interósseos, entre os metacarpos. Todos servem para fletir as falanges proximais e estender as falanges médias e proximais.

Oito músculos atuam sobre o polegar, dos quais quatro são intrínsecos da mão. Os músculos extrínsecos são extensor longo do polegar, extensor curto do polegar, abdutor curto do polegar e adutor do polegar.

Os movimentos do polegar são função de complexas interações neuromusculares e mecânicas entre os músculos extrínsecos e intrínsecos.

Os músculos flexor longo do polegar, abdutor longo do polegar e flexor curto do polegar controlam a flexão do polegar.

O flexor longo do polegar torna-se principal agonista quando a articulação interfalângicas está fletida.

Para a adução do polegar contribuem o extensor longo do polegar, flexor longo do polegar, flexor curto do polegar e adutor do polegar. A contribuição do flexor e extensor longo do polegar é solicitada para trabalhar contra uma carga.

Os músculos hipotenares são palmar curto, abdutor do dedo mínimo, flexor curto do dedo mínimo e oponente do dedo mínimo. Dos músculos tenares, o oponente é o mais ativo e o flexor curto do polegar o menos ativo. O músculo hipotenar mais ativo é o oponente do dedo mínimo.

O extensoe dos dedos pode estender-se até a falange distal, além das falanges médias e proximal, devido a expansão eextensora. Os lumbricais e interósseos, contudo, encontrados fitas laterais, causam flexão da falange proximal na articulação metacarpofalângeca e extensão das falanges média e distal.

Na posição lumbrical, os lumbricais e interósseos dorsais e palmares não podem simultaneamente fletir a articulação metacarpofalanêca.

Os movimentos de preensão são classificados como aperto de potência ou aperto de precisão. No primeiro todos os músculos extrínsecos contribuem para a força. Os músculos interósseos e tenares são usados no aperto de potência, mas os lumbricais não são ativos.

O movimento grosseiro e força compressiva necessários no aperto de precisão são proporcionados por músculos extríncecos específicos. Os músculos intríncecos, entretanto, fornecem as características de controle fino da preensão.

 

INERVAÇÕES:

Comentários


Páginas relacionadas