Amigo Nerd.net

Materiais Odontológicos

Autor:
Instituição: UERJ
Tema: Materiais

As principais propriedades dos materiais odontológicos


Serão relacionadas as propriedades mais importantes dos materiais odontológicos estudados, citando-as e fazendo um breve comentário sobre elas em cada material.

Vernizes: são materiais de proteção do complexo dentino-pulpar. Existem os vernizes cavitários e os vernizes modificados. O primeiro tipo de verniz é também conhecido como de ação mecânica, uma vez que reduz significativamente a microinfiltração, reduz 69% a permeabilidade dentinária e funciona também contra passagem de agentes irritantes. O segundo tipo de verniz é também conhecido como biológico, possui ação terapêutica e mecânica uma vez que possui hidróxido de cálcio em sua composição que tem efeito bactericida.

Vernizes cávitarios:

Vernizes modificados:

Materiais à base de Ca(OH)2 : são também materiais de proteção do complexo dentino-pulpar. Podem se apresentar em solução, suspensão, pasta e cimento.

Cimento de óxido de zinco e eugenol(OZE): são usualmente apresentados na forma de um pó e um líquido, ou na de duas pastas. A espatulação do cimento não é crítica como a de outros. É utilizado em restaurações temporárias e intermediárias, como forrador, como base para isolamento térmico, cimentação temporária e permanente, obturação de canais radiculares e como cimentos periodontais. O pH é de aproximadamente sete, sendo o menos irritante entre todos os materiais dentários.

Cimento de fosfato de zinco: é um cimento mais utilizado para cimentação definitiva; em sua composição apresenta ácido fosfórico que é um irritante. Sua diferença do cimento de óxido de zinco é basicamente o líquido.

Cimento de policarboxilato: possui as propriedades de resistência do cimento de fosfato de zinco e as de compatibilidade biológica do cimento de óxido de zinco e eugenol, apresentando ainda, em determinadas condições, adesão às estruturas dentais. Usado como base protetora e em cimentação de proteses e coroas; sendo indicado como restaurador provisório.

Cimento ionômero de vidro(CIV): é composto por partículas de vidro e veio substituir o cimento de silicato. Em sua composição apresenta o ácido malêico que diminui a viscosidade e o ácido itacônico que aumenta a resistência e a dureza. Há vários tipos: o tipo I é utilizado para cimentação, o tipo II para restaurações e o tipo III para forramento e base e selamento de fissuras.

Amálgama odontológico: é um material restaurador direto, consiste numa liga metálica na qual misturamos o mercúrio. Essas ligas podem ser convencionais( baixo teor de Cu ) ou modernas( alto teor de Cu) e os tipos de partículas da liga podem ser do tipo limalha, esférica ou dispersa( mistura).

Sistemas adesivos: os adesivos dentinários têm sido estudados e têm evoluído, sendo que encontram-se já na quinta geração. Esses adesivos possuem grupos que interagem com a dentina e grupos que reagem com o monômero da resina composta. Antes de sua aplicação é necessária que a lama dentinária( "smear layer") seja removida por agentes ácidos, para que o contato do agente resinoso de união com a superfície e dentro dos túbulos dentinários, estabelecendo reações químicas e mecânicas, seja facilitada.

Resina composta: constituída de uma fase orgânica e outra inorgânica apresentando alta resistência e baixa contração de polimerização. As resinas passaram a ter partículas pequenas que anteriormente eram grandes( macropartículas) e com a união das macropartículas e das micropartículas originaram-se as resinas híbridas( mistura); nota-se que quanto mais fase inorgânica melhores as propriedades, dependendo também do tipo de partícula inorgânica. Há dois tipos: as químicas e as físicas( fotopolimerizáveis) e são utilizadas em todos os tipos de restauração sendo possíveis na técnica adesiva.

Gessos odontológicos: empregados em quase todos os procedimnentos em que se necessita do modelo. O mineral que dá origem ao gesso odontológico é a gipsita. Há vários tipos de gesso: do tipo I usado em moldagem, do tipo II em modelos de estudo e preenchimento de muflas, do tipo III em modelos de trabalho, do tipo IV em troquéis e modelos de trabalho e do tipo V em modelos de trabalho para realizar a ceroplastia.

Géis / soluções fluoretadas: materiais odontológicos preventivos. Suas principais propriedades são as biológicas, pois o flúor tem ação terapêutica devido a sua atividade anti microbiana, além disso ele auxilia na remineralizaçào da lesão cariosa e reduz a solubilidade da apatita ou hidroxi-apatita. Porém há efeitos destes sobre restaurações estéticas( CIV-RC-PORCELANA) como: rugosidade, manchamento e desgaste no caso das soluções aciduladas.


REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.

- PHILLIPS, RALPH WESLEY. Materiais dentários de SKINNER. 7ª Ed. RJ: Interamericana, 1978.

Comentários


Páginas relacionadas