Importância da Estatística

Autor:
Instituição: UNIASSELVI
Tema: Estatística

Importância da Estatística

UNIASSELVI
2008

 

 

 

Resumo

A Estatística nos dias de hoje é uma ferramenta indispensável para qualquer profissional que necessita analisar informações em suas tomadas de decisões diárias, seja no seu trabalho ou na sua vida pessoal. Atualmente, o ambiente que rodeia as decisões de carácter financeiro ou de gestão tendem a ser cada vez mais exigentes. Porém a utilização da estatística como suporte para a tomada de decisões é verificada também no mundo antigo, e indícios de sua utilização são encontrados até na Era antes de Cristo.

Palavras-chave: Estatística, Gestão, Importância

 

1 Introdução

Atualmente vivemos rodeados por uma quantidade de informações tão grande que não podemos deixar de pensar o quanto a Estatística nos é útil e o quanto esta ciência vem configurando-se como uma das competências mais importantes para quem precisa tomar decisões.

O mundo moderno vem sendo objeto de profundas e aceleradas transformações econômicas, políticas e sociais que têm levado os Gestores a adotarem estratégias diferenciadas e criativas para elevar a qualidade de suas empresas.

Estas transformações estão ocorrendo em escala mundial em um processo jamais visto de globalização dos mercados, de formação de blocos econômicos regionais, com uma rapidez de inovações tecnológicas que tudo somado, compõe um cenário extremamente desafiante para a competitividade das empresas.

Este trabalho tem por objetivo destacar a importância da estatística na gestão das empresas e no mundo globalizado.

 

2 Definição

Estatística é uma parte da Matemática Aplicada que fornece métodos para a coleta, a organização, a descrição, a análise e a interpretação de dados, visando à tomada de decisões.
.
Na indústria e no comércio podem-se comparar produções e volumes de vendas em relação ao total por região, estudar a situação dos mercados e suas tendências.

A Estatística é uma ciência que se dedica ao desenvolvimento e ao uso de métodos para a coleta, resumo, organização, apresentação e análise de dados. (Farias Soares & César, 2003)

A palavra estatística tem origem na palavra em latim status, traduzida como o estudo do Estado e significava, originalmente, uma coleção de informação de interesse para o estado sobre população e economia. Essas informações eram coletadas objetivando o resumo de informações indispensáveis para os governantes conhecerem suas nações e para a construção de programas de governo.

 

2.1 O que é estatística?

A palavra estatística tem origem na palavra em latim status, traduzida como o estudo do Estado e significava, originalmente, uma coleção de informação de interesse para o estado sobre população e economia. Essas informações eram coletadas objetivando o resumo de informações indispensáveis para os governantes conhecerem suas nações e para a construção de programas de governo.

Atualmente vivemos rodeados por uma quantidade de informações tão grande que não podemos deixar de pensar o quanto a Estatística nos é útil e o quanto esta ciência vem configurando-se como uma das competências mais importantes para quem precisa tomar decisões.

Não podemos escapar dos dados, assim como não podemos evitar o uso de palavras. Tal como palavras os dados não se interpretam a si mesmos, mas devem ser lidos com entendimento. Da mesma maneira que um escritor pode dispor as palavras em argumentos convincentes ou frases sem sentido, assim também os dados podem ser convincentes, enganosos ou simplesmente inócuos. A instrução numérica, a capacidade de acompanhar e compreender argumentos baseados em dados, é importante para qualquer um de nós. O estudo da estatística é parte essencial de uma formação sólida." Moore (2000).

 

3 Importância da Estatística

A Estatística é a ciência que coleta, organiza e interpreta dados utilizando técnicas para lidar com a variabilidade, ou seja, é uma coleção de métodos utilizados para converter dados brutos em informações que auxiliem na tomada de decisão, podendo resolver quase todos os problemas da vida real que envolvam conjuntos de dados.

A Estatística é de suma importância para empresários, administradores, gestores, para comparar grupos de variáveis relacionadas entre si e obter um quadro simples e resumido das mudanças significativas nas áreas relacionadas como preços de matérias primas,cadastros, preços de produtos acabados, preço final de produtos, financeiro, marketing, volume físico dos produtos, controle de qualidade.

O controle de qualidade de produtos não constitui novidade; é ele, de fato, tão antigo como a própria indústria. Durante muito tempo foi realizado sob a forma tradicional denominada “inspeção”. Somente a partir de 1920, no entanto, é que se verificou o desenvolvimento do Controle Estatístico da Qualidade, cuja aplicação vem se tornando generalizada nos países industrializados.

A grande contribuição da estatística não se baseia tanto no fato de levar um grupo de estatísticos altamente qualificados para uma indústria, mas no fato de criar uma geração de físicos, matemáticos e químicos com uma mentalidade estatística, os quais irão, de algum modo, dar uma ajuda no desenvolvimento e no direcionamento dos processos de produção no futuro. Walter Shewart (1891-1967)

A questão da competitividade é sobremaneira importante nos mais diversos níveis com que pode ser analisada, ou seja, em nível de nação, de setor econômico e de empresas. Em particular, interessa a questão olhada sob a ótica das organizações que necessitam aprimorar a própria competitividade para sobreviver e vencer neste ambiente cada vez mais desafiador.

A necessidade de se oferecer um produto ou serviço pleno de condições competitivas surge como sendo vital para a sobrevivência de uma Empresa. Tal condição tem como princípio a gestão empresarial, baseando-se na gestão de pessoas e processo em busca da qualidade total. A procura de clientes não mais se resume em ter um baixo preço, e sim produtos e serviços que forneça com qualidade aquilo a que se propõe, e a aplicação da Estatística é primordial nestes casos.

O conhecimento de estatística é fundamental no ambiente empresarial, seja na análise de conjunto de dados, seja na previsão de variáveis.

 

4 Conclusão

Desejo demostrar a importância da estatística e como é importante o seu estudo e compreensão por parte dos empreendedores. Assim, não só a gestão empresarial, com a otimização dos fatores de produção, somados as ferramentas de qualidade e produtividade são suficientes, se estas não contarem com um suporte dos métodos estatísticos para controle e mensuração dos resultados e informações obtidas.

Através disto, os administradores, tomam frente de novas situações de negócios e necessitam de tomadas de decisões rápidas, precisas, eficientes e eficazes. Dá para até tomar nota da receita de como satisfazer clientes, e competir com empresas mundiais no mercado globalizado, cada indivíduo dentro da corporação necessita de fatores determinantes de sucesso para sua carreira, para assim garantir seu sustento pôr muito mais tempo, e emprego efetivo ou não até o fim de sua vida.

Já se dizia há um século que raciocinar estatisticamente será um dia tão necessário quanto à habilidade de ler e escrever.

 

5 Referências

DOWNING, Douglas & CLARK, Jefrey. Estatística Aplicada. Tradução: Alfredo Alves Faria. Editora Saraiva – São Paulo – Copyright. 1998

FARIAS A., SOARES, J. & CÉSAR, C.Introdução à Estatística. Rio de Janeiro: Ed. LTC, 2003.

LEVIN, J. Estatística Aplicada às Ciências Humanas. São Paulo: Ed. Harbra, 1987

LOURENÇO FILHO,R.C.B. Controle estatístico de qualidade. Rio de Janeiro, Livros técnicos e Científicos Editora, 1964.

MOORE, D. A Estatística Básica e sua prática. Rio de Janeiro: Ed. LTC, 2000.

MOREIRA,J.S. Elementos de estatística.9ª Edição. São Paulo, Atlas, 1975.

OLIVEIRA,M.S e J.A. MUNIZ. Controle estatístico e gestão da qualidade. Lavras, FAEPE/UFLA,1999.

PALADINI, Edson Pacheco. Gestão de Qualidade no Processo: a qualidade na produção de bens e serviços. São Paulo: Atlas, 1995

TRIOLA, Mario f. Introdução à Estatística. Tradução: Alfredo Alves de Faria, Eliana Farias e Soares, Vera Regina L. S. Flores. 7ed. Editora LTC, RJ – Cpyright. 1999

VIEIRA, S. Elementos de Estatística. São Paulo: Ed. Atlas, 1999

http://pt.wikipedia.org/wiki/Estat%C3%ADstica

 

A Estatística está toda ela em volta de você, algumas vezes usada de modo adequado, outras vezes não. Como o objetivo da Estatística é auxiliar a sua tomada de decisões em situações de incerteza, distinguir as boas das más estatísticas é, mais do que nunca, um dever, uma obrigação,.

Paulo Afonso Lopes – estatístico

Estatística pode ser pensada como a ciência de aprendizagem a partir de dados.

No nosso cotidiano, precisamos tomar decisões, muitas vezes decisões rápidas.

Em linhas gerais, a Estatística fornece métodos que auxiliam o processo de tomada de decisão

Seja qual for à área ou o objeto de estudo do pesquisador, este poderá vir a utilizar conceitos de Estatística. É indispensável para qualquer profissional o domínio das informações pertinentes ao seu trabalho, A Estatística está presente na vida do homem desde a antiguidade no entanto tem se mostrada cada vez mais próxima nos últimos tempos. Os conteúdos de estatística a cada dia estão mais presentes nas necessidades de conhecimento de cada indivíduo

Comentários