Amigo Nerd.net

A História do Povo Curdo

Autor:
Instituição: Faculdade Vale do Gorutuba
Tema: Curdos

A História do Povo Curdo


INTRODUÇÃO

FATOS HISTÓRICOS

São descendentes de tribos de pastores (indo-européia) que se fixaram nas regiões montanhosas da Ásia ocidental, por milhares de anos, absorvendo influências (como a religião islâmica), mas preservando os costumes próprios. São na atualidade a maior etnia sem Estado do mundo.

Até o final da Primeira Guerra, eles estiveram sobre o domínio do Império Otomano, com a desagregação do Império as potências vencedoras repartiram as terras curdas entre diversos povos que anteriormente estavam sob o jugo otomano.

Pelo fato de não possuírem até os dias atuais um país próprio, os curdos são caracterizados de povos seminômades.

Bandeira do Curdistão


DADOS IMPORTANTES

ORIGEM

Como já falamos anteriormente os curdos são descendentes de turcos, persas e árabes, mas maioritariamente são muçulmanos sunitas. (povo de origem indo-européia).

POPULAÇÃO

São ao todo mais de 48 milhões de Curdos que vivem espremidos entre as fronteiras da Turquia, Síria, Iraque e Irã. Na Turquia oficialmente eles representam 18% da população do país, mas encontramos curdos que dizem serem mais de 25%.

LÍNGUA

Falam um idioma do ramo iraniano ocidental das línguas indo-européias, em algumas regiões, falam o idioma curdo. (língua própria)

RELIGIÃO

Devido ao fato de ser um povo de origem muito misturada (turcos, persas e árabes e muçulmanos sunitas) e receber diferentes influências preservam muitos valores particulares e um deles é a religião muçulmana.

ECONOMIA

Como não têm um país próprio não caracterizaremos economia curda como "economia", mas sim como "meio de sustento".

Os curdos vivem principalmente da Policultura (Cultura de muitos produtos agrícolas em determinada área) de vários cereais e do pastoreio nômade.


O SONHO CURDO E SEUS CONFLITOS

Os curdos reivindicam um Estado próprio: o Curdistão, uma região montanhosa do Oriente Médio, eles vivem há milênios nessa região que engloba o norte do Iraque, norte do Irã, norte da Síria e leste da Turquia. O território tem uma área de 530 mil km2.

Os curdos parecem, a primeira vista não serem muito organizados, já que, através dos tempos observamos que o movimento autonomista dos curdos é gravemente prejudicado por conflitos internos e dissensões tribais. Essa série de conflitos internos vem a enfraquecer constantemente o objetivo maior que é a conquista de seu próprio território.

Além disso, todos os governos que controlam áreas habitadas por curdos exercem violenta repressão sobre eles.

Os curdos do Iraque são os que mais têm se agitado em busca de independência, tentando aproveitar a instabilidade que caracterizou o país entre a queda de Saddam Hussein.


CONCLUSÃO

Pelo que podemos aprender durante as aulas de geopolítica, da relação do Poder e a Região, e das leituras que podemos pesquisar concluímos que o sonho curdo parece algo muito distante, já que eles estão localizados em uma região muito rica em petróleo, petróleo esse que é na atualidade uma das fontes de energias mais cobiçadas do planeta.

Quem abriria mão de um poder como o petróleo apenas por saber que o povo curdo sofre constantemente por agressões de vizinhos, por passarem fome e por não terem para onde ir.

Fica claro que todos os países que vivem em conflito com o povo curdo usam a teoria do velho ditado popular, "farinha pouca meu pilão primeiro". Nenhum deles irá abrir mão de uma riqueza para beneficiar a outros, e o povo curdo então que se cuide, pois a terra, a pátria que eles pretendem ter parece que irá ficar só no sonho mesmo.


BIBLIOGRAFIA

Helio Carlos Garcia e Tito Marcio Garavello - Geografia Geral – editora scipione

Almanaque Abril – Atualidades Vestibular 2004

Sites na internet.

Comentários


Páginas relacionadas