A metodologia científica no ensino superior

Autor:
Instituição: UNOPAR
Tema: A metodologia científica no ensino superior

A metodologia científica no ensino superior

UNOPAR
2007

 

 

 

Sumário

1. Introdução
2. A metodologia científica no ensino superior
Considerações finais
Referências



1. Introdução

Diversos segmentos da educação vêm discutindo a aplicação mais cedo da Metodologia Científica no meio educacional, a partir da exigência das normas técnicas da ABNT já no ensino fundamental, para que desta forma o aluno possa despertar o interesse pela leitura e na organização das suas idéias. Assim, ao chegar ao ensino médio e a faculdade estará mais apto a realizar os trabalhos acadêmicos, não engrossando as estatísticas de deficiência e baixa qualidade na elaboração de trabalhos acadêmicos pelos universitários.

A partir desta visão, este trabalho foi elaborado atento à necessidade do aluno em aprofundar-se no estudo da Metodologia Científica e suas aplicações na vida acadêmica e do profissional de Serviço Social. O método científico deve ser entendido muito além do desenvolvimento das tarefas e trabalhos acadêmicos, mas como um processo pelo qual o futuro profissional poderá desenvolver as suas capacidades aprimoradas no seu período escolar. Da mesma forma, abordará através das fontes bibliográficas os conceitos formados sobre a Metodologia Científica e sua tipologia.

Seguindo a orientação do curso de Serviço Social, este trabalho questionará: Os meios de pesquisa e métodos alcançam todas as áreas do conhecimento científico?

Para alcançar esta resposta este trabalho tem por objetivo principal, buscar a compreensão acerca da construção do conhecimento desenvolvido historicamente e da importância da metodologia científica para o ensino superior. Far-se-á necessário o levantamento bibliográfico sobre a Metodologia do Trabalho Científico, para dá o apoio necessário a defesa das idéias da aluna.

 

2. A metodologia científica no ensino superior

Quando estudamos fatos e fenômenos que nos rodeiam como na natureza, buscamos estar atento a cada uma das ações do meio ambiente, e mesmo que instintivamente ficamos atentos aos resultados. Uma mãe para poder amamentar seu filho, aprendeu dentro da família estas técnicas que mais tarde passará aos seus descendentes. Na escola desde cedo à criança, aprende regras simples da organização de trabalhos, que nem sempre é lhes apresentada como uma metodologia científica, como o ato de se fazer o cabeçalho antes de cada tarefa no caderno ou trabalho.

Método Científico é a ordenação dos processos de trabalho, seus métodos e suas regras como meio para encontrar a verdade. No estudo de uma ciência a metodologia aplicada tem por função chegar a um determinado conhecimento visando o bem da ciência e fins práticos. É uma atividade cognitiva, a forma de pensar, a linha de raciocínio adotada, a disciplina, a organização de conhecimentos desorientados e fragmentários (RUIZ, 2002).

Segundo Dencker (1998, p.17), “à medida que aprofundamos nosso conhecimento, passamos a considerar um número cada vez maior de fatos ou elementos que possuem relação com aquilo que estudamos”. Desta forma entende-se que a o método científico é a raiz para a busca das respostas que cada criatura humana quer obter em relação aos fenômenos naturais, sociais, filosóficos ou mesmo religiosos.

Contudo, para se chegar a um fim determinado através do método é preciso entender os conceitos básicos da metodologia científica. De acordo com Dencker (1998, p.17), o método científico consiste basicamente em:

1. Formular questões ou propor problemas;
2. Efetuar observações
3. Registrar cuidadosamente as observações feitas, procurando responder às perguntas formuladas ou resolver problemas propostos;
4. Rever conclusões, idéias e opiniões anteriores que estejam em desacordo com as observações e as respostas resultantes.

A forma de aplicação do método é a técnica. Em resumo, o método estabelece o que fazer e a técnica como fazer.

Quanto à aplicação da metodologia científica para o profissional de Serviço Social entende-se que este deve ser voltado para, além da preparação das atividades na formação acadêmica, utilizá-la no exercício da sua profissão.

Segundo Cruz (2007), a metodologia tem além do papel acadêmico, o objetivo maior de instrumentalizar o futuro profissional para auxiliá-lo na investigação das questões sociais, indo portanto além da sua preparação para elaboração de diagnósticos e planejamento de políticas na sua área de atuação.

Vemos, portanto, que a metodologia objetiva bem mais que levar o aluno a elaborar projetos, a desenvolver um trabalho monográfico, um artigo científico como requisito final e conclusivo de um curso acadêmico. Ela pode levar o aluno a comunicar-se de forma correta, inteligível, demonstrando um pensamento estruturado plausível e convincente, que permanecerá neste quanto profissional.

Durante sua vida profissional o profissional de Serviço Social irá esbarrar na necessidade imperiosa do uso dos métodos científicos para executar suas ações. Essa necessidade será medida no momento onde forem realizados os questionamentos: Por onde começar? Qual o primeiro passo a ser dado? O que é mais urgente?

Entre a teoria e o método há uma grande diferença, ainda que sejam interdependentes. Ambos buscam realizar o objetivo proposto. A teoria por gerar e dar forma ao método e vice-versa. “O método quando alimentado de estratégia, de iniciativa, invenção e arte estabelecem uma relação com a teoria capaz de propiciar a ambos regenerarem-se mutuamente pela organização de dados e informações (RUIZ apud Morin apud Vergara, 1996, p.335)”.

 

Considerações Finais

Diante das dificuldades observadas em alunos quanto ao entendimento do método científico, este fórum vem acender a importância do tema na formação do profissional. A Metodologia Científica é uma ferramenta que vai muito além da execução de trabalhos acadêmicos. A necessidade do ser humano de observar e experimentar são atos espontâneos da aplicação da metodologia entendida como empírica.

Desta forma a Metodologia Científica para o profissional de Serviço Social será essencial, pois os elementos observação e ação serão suas principais ferramentas, e o conhecimento dos métodos adequados farão a diferença entre o profissional que buscou a qualificação e daquele que buscou apenas um diploma.

 

Referências

CRUZ, Vilma Aparecida Gimenez. Metodologia do Trabalho Cientifico. Curso de Graduação em Serviço Social: Material Didático - Módulo 1. Universidade Norete do Paraná. Sistema de Ensino Presencial Conectado. Londrina: UNOPAR Virtual, 2007. 258p. Documento Técnico.

DENCKER, Ada de Freitas Maneti. Métodos e técnicas de pesquisa em turismo. São Paulo: Futura, 1998.

RUIZ, João Álvaro. Metodologia Científica / Guia pra eficiência nos estudos. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2002.

Comentários